Desamparo

Não me sinto totalmente seguro em relação ao meu futuro.

Aliás, se for me perguntar, me sito amargamente desamparado.

Pelo futuro por si só, por ameaças, isso impulsiona o meu TOC a níveis estratosféricos, fico combalido nos meus pensamentos.

Ontem e anteontem perdi o sono, estou há dois dias sem dormir direito, pois sei que a incompreensão social certamente me deixará desamparado.

É preciso se entender que eu tenho uma deficiência, e ela é muito séria.

Infelizes dos que não a conseguem entender.

Estou certo de que no preconceituoso núcleo familiar, ela não é entendida.

Na esfera dos meus amigos íntimos, sim.

É muito complicado falar de minhas limitações, tamanho o número de méritos que possuo, desevolvi eles, por andar como um “capenga.”.

O meu TDAH me impede de fazer operações bancárias, e isso é muito grave.

Tenho a eloquência no falar, mas sou desprovido de concentração para uma conta de padaria.

Mesmo tomando seis miligramas de risperidona ao dia, a droga que controla os meus tiques, ainda os faço, e todos me percebem na forma que eu caminho.

O meu caminhar é defeituoso.

Mesmo com a quietiapina para me induzir ao sono, o aripiprazol para controlar o meu TOC, ainda tenho que tomar doses cavalares de pregabalina para conter a minha ansiedade.

Este coquetel molotov me leva a uma normalidade angustiante, e nem esta carga de dosagem ainda permite com que tenha um sono normal.

A angústia do desamparo me deixa completamente transtornado, digito agora com a cabeça muito confusa.

Com ou sem pandemia, minha cabeça sempre é muito confusa.

Tenho na minha companheira um alento para tantos dissabores, mas isso não é o suficiente.

Jamais, jamais conseguirei caminhar sozinho.

Isso definitivamente nunca!

Que fique aqui o meu registro, preciso de um conforto espiritual, e essa terapia é a melhor de todas.

Aqui fica também o meu exemplo próprio, para que as pessoas possam analisar, pois como portador de Tourette, tenho uma militância e coloco a minha vida como espelho para o próximo.

Semple clamo por dias melhores, e assim continuarei clamando.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s