Plugado

As luzes absorvem a necessidade do argumento da fome, fome de viver, viver alucinadamente.

Se deveria ou não entender como funciona a engrenagem natural dos cilos humanos, diria que a necessidade de compreensão mútua, faria da ilusão, uma combalida imperfeição do ser.

O retrocesso dos atributos mal distribuídos neste tabulero, organizará um atentado contra a necessidade de alimentação.

Vou sobrevoar sorrateiramente este deserto nefasto, o oásis não está nem um pouco perto.

A sorrateira caminhada embaixo de sol quente, seria o símbolo sagrado da união entre dois que se amam.

É preciso aglutinar as trajetórias de todas as pessoas, indeferí-las quando necessário, e acorbertá-la sempre que possível.

Fixo para o horizonte, as minhas defasadas retinas não suportam mais o brilho do Sol, desvio meu olhar.

Para sempre, sobrevoar um imenso caminho em busca de soluções.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s