Chamas da militância

O tempo passa muito rápido, uma década se passa num piscar de olhos.

Estava fazendo um inventário de idade, e percebi que há duas décadas eu descobri a Risperidona, droga que praticamente controlou os meus tiques.

Foram tempos dificeis antes dela, de fato eu me recusara a permanecer neste mundo, a morte se apresentava como a deliciosa saída.

Perdi a minha década dos trinta, vitimado pelo alcoolismo, e a década dos quarenta, encontrei o sopro de vida que foi a minha união matrimonial.

E assim se foram vinte anos de Risperidona, em janeiro próximo eu estarei fazendo cinquenta anos.

Há de se imaginar que se parar para pensar, num piscar de olhos, chego nos famigerados sessenta.

Terceira idade.

Muita coisa ainda está por vir, é bem certo, mas tenho que observar com prudência o pouco tempo que me resta.

Tenho que manter o foco para conseguir aprovar a tão sonhada lei.

Muita coisa ainda vai acontecer, e na medida em que o tempo for passando as revelarei.

Mas o certo é que a militância nunca esteve tão acesa como agora, estamos todos resilientes, estou por assim dizer.

Alea Jacta Est!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s