Rising Force

Entrando em uma crescente, vou ao delírio místico sonoro, e evoco as sábias guitarras e seus rifes de metal neoclássico, torpor, puro e suave.

Procurando um mote para digitar, poderia encontrar o do desejo juvenil, onde as situações são postas como magia, em todos os aspectos.

Eu um dia sonhei, e meu sonho foi bem distante, sabe?

É difícil segurar as emoções completamente enraizadas em embustidos espectros de silêncio, mas não me calo por saber que a suave e delirante música voltou.

Seu som, a sua sonoridade é para sonhar delirantemente.

Minha abençoada e mágica idade dos sonhos, era muito bom sonhar intensamente.

Não que hoje eu não os possua, mas a idade chega e com ela posso entender que já estou descendo a ladeira.

Não tenho mais a leveza da juventude.

Como é linda a juventude, e como a vida é breve…muito breve mesmo.

Vou sobrevoar as hostes dos meus sonhos, vou delirar misticamente, vou sucumbir nas entranhas do meu mais íntimo desejo.

Assim, o pacto da serenidade será concretizado, e passarei a ter uma vida pautada na brisa da fortuna.

Que venha mais e mais estados de controle momentâneo da mente, o espectro que paira é o da loucura alucinada, não mais da minha total e letárgica caretice.

Os sonhos são e serão para sempre eternos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s