Por um instante de paz

Predominantemente aceitável o fato de conseguir respirar em uma atmosfera rarefeita.

Durante muito tempo vivi uma inconstância de fatores inesperados, vivi momentos de tensão extrema, e só consegui refúgio espiritual quando celebrei o reverso da fortuna.

Mas dei o meu ponta pé.

Saí do estado submerso, consegui entrar em uma situação além da bolha.

E saindo de casa, consegui o sopro de sobrevida.

Sobrevivi à masmorra dos derrotados, e mergulhei de cabeça na paz amplamente esperada por mim.

Em diante enfrentei as calamidades da vida, todas as destemperanças da sociedade sacana que é essa a nossa.

Por vários momentos pensei em desistir.

Mas continuei forte nos meus propósitos.

A vida é uma eterna dificuldade, muitos fatores nos leva a pensar em desistir.

Consegui a sobriedade que tanto procurava, e passei a moldar os meus passos dentro de uma conduta reta.

Nem um gole de álcool, nunca mais.

Não troco a minha sobriedade por uma botija de ouro.

Me fiz digno e merecedor do conforto espiritual.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s