Sementes da madrugada

Gosto de produzir de madrugada.

Na noite que todos dormem, estou na minha guarita, celebrando a literatura virtual.

O silêncio…

Aqui, dou uma pequena pausa, preciso pensar com seriedade, o que eu quero de fato expressar.

Encontrei meu porto seguro, e com ele veio a minha tão sonhada sobriedade, hoje eu basicamente me pauto nela.

Foi muito difícil atingí-la.

Aqui eu levo um pouco dela, para consegui produzir como eu penso que deveria.

A minha força.

Ela é sobrenatural, luto contra fantasmas imaginários, fora, evidentemente, os reais que devemos temer.

Mas esses fantasmas imaginários me perturbam por completo.

Agora, estou bastante tranquilo, uma raridade.

E nessa tranquilidade, quero dizer que sempre estarei do lado da boa energia, aquelas que nos deixa revitalizados.

Por um segundo pensei que tudo isso não passaria de um papo descompromissado, mas se refletirem, um pouco de cada um está aqui.

Vivemos todos assombrados com os nossos pesadelos.

Fato.

Mas devemos todos fazer o exercício do inventário moral.

Assim sendo, cada um encontrará os seus pecados, e poderá reviver os sonhos.

Revitalizá-los.

Porque sonhar é para todos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s