A rotina dos pássaros

Um belo dia de julho, uma bela melodia para sonhar.

Temos o direito do tal, as amargas conquistas que obtemos com a esperança vindoura, desmitifica a falsa idéia do mundo hediondo.

Por mim, jogava todos os desesperados impulsos dentro de uma vitrine, para que todos pudessem observar o quanto é rara a atenção humana.

A humanidade é solidária, isso não podemos desmentir.

Apesar de achar os homens algozes de muitas coisas, não posso deixar de pontuar aqui a sua solidariedade.

Uma vez mais, os paradigmas da arte abençoada, aquela que traz múltiplas condições para se fazer a bela passagem para a vida.

Precisamos todos do bilhete, e que ele seja a marca máxima do reino dos céus.

O bilhete de entrada, e que todos estejam convidados para esta festa no céu.

Por aqui minhas sinceras condolências para os que não suportaram o fardo dimensional da plenitude da vida.

Mil aleluias, milhões de vezes, para todo e sempre!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s