Por momentos de paz

Foto por Simon Migaj em Pexels.com

Ser atencioso, atencioso comigo mesmo, de mim para mim, de outros para mim, preciso um pouco de atenção.

Vivi intensamente grandes momentos, eles me levaram para o ponto da curva, mas esta era ascendente.

Percorri vários caminhos até chegar em um lugar de ponto comum.

Estou aqui liberto de algumas amarras mentais, estou livre para recorrer ao auxílio psicológico.

Tenho o poder de me embranhar nas amarras do meu cérebro.

Portanto estou convicto que se agora estou um pouco tranquilo, é porque de fato encontrei um pouco de paz.

E a paz é o que todos nós procuramos.

Estou encoberto de estímulos do meu lombo cerebral, suavizado pelos ansiolíticos ministrados, mentalmente confortável.

Portanto estou por aqui experimentando todos os reforços de uma vitoriosa correção no cérebro.

A paz, a que todos procuramos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s