Qualidade de morte

Foto por Nick Bondarev em Pexels.com

Por uma tempo de discórdia perante as atitudes a serem tomadas diante de uma situação pandêmica.

Confesso que às vezes dá vontade de voar, mas a companheira puxa a corda, pois de fato não podemos ir muito longe.

E nesta pandemia, o mínimo que colocamos o fucinho para fora, já é caracterizado como uma situação de risco.

Quantos posts não destinei para essa maldita crise sanitária?

Que minhas impressões tortas fiquem registradas.

Como todos, estou sofrendo, e muito.

Toda a minha fidelidade eu coloco para ser analizada nos criteriosos pergaminhos da vida.

Assim como muitos, eu quero viver.

E viver com saúde.

Qualidade de morte, não de vida, esta eu estou começando a me preocupar.

Que se dane a crise sanitária, eu quero é não ter a tentação de colocar um cigarro na boca, pois iria de encontro ao meu planejamento de qualidade de morte.

Sendo assim, mais vinte anos seria ótimo.

Daria para ver e fazer várias coisas.

Fato!!!

Vou por aqui desdenhando o meu caminho para uma longínqua e prazerosa passagem para o outro lado, espero que seja assim, amena.

E que meus rancores se transformem em celebração com a vida, a partir de hoje, por gentileza?

Por assim dizer, faço as pazes com a vida.

Aleluia!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s