Por dizer…

Foto por Rodrigo Souza em Pexels.com

Como posso depois de meses confinado dentro de um apartamento, acolher a saúde física e de resistência?

Eu ando meio fraco, um pouco fraco.

Depois de tantos tormentos dessa pandemia desastrosa, sobrou a pandemia criativa, enxergada em traços e linhas.

Depois de belas artes no velho e bom making off das redes sociais, ainda lá se foram centenas de posts aqui no blog.

Um livro, uma segunda edição de livro, outro inédito.

Dois livros para trabalhar.

Por enquanto eu apenas estou na leveza da tarde de domingo, desfilando um pouco de literatura virtual.

Suave, sereno.

Cabe a mim apenas a responsabilidade de dividir algumas idéias com vocês, caros leitores.

Para aí sim, desafogar os ânimos literários.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s