Os “eus” e a literatura

Foto por Pixabay em Pexels.com

Faz um bom tempo, três anos aproximadamente, que eu fiz acordos, e esses acordos nem sempre deram certos.

Prefiro viver uma vida só minha, introspecção no ser, no agir, no interagir.

Vou solitariamente dando continuidade à minha carreira profissional, tenho elementos que me deixam muito satisfeitos.

Por aqui já vou adiantando segunda edição de livros, livro inédito, é preciso apenas dar tempo ao pandêmico momento dar uma trégua.

Mas vou interagindo com os meus “eus” certos.

Eles estão completamente interligados, estão em rotação plena, absoluta, verdadeira, pulsante, antagônico ao coletivo que nunca sei fazer parte.

Portanto espero aqui, firmar o pacto com os meus “eus”, eles estão em constante euforia, plenitude orgástica.

A associação dos efeitos causados com meus “eus” e minha literatura, é o que leva as pessoas a ficarem órfãs dos eus livros.

Portanto aqui a minha singela observação, estarei por aí publicando algumas coisas mais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s