O porto seguro

A senssibilidade de uma long vida, é mostrada a mim como uma quinta referência das minhas fraquezas.

Já fui muito emotivo, mendiguei afeto, e isso me fez muito mal.

Me deixou para baixo mesmo.

Tudo o que eu sempre quis, consegui ao longo da minha existência, inclusive sofrer por amor.

E como sofri.

Muitas vezes me policiei, mas não teve jeito.

O sentimento do amor me desmoronou por dentro, uma vida inteira esperando a minha cara metade, e ela surgiu, apareceu quando eu menos esperava.

Hoje sou tranquilo, estou no meu porto seguro, por assim dizer.

Hoje não existe a mendicância afetiva.

Eu possuo uma longa jornada de sofrimento, e por esse motivo não mais quero sofrer.

Quero sonhar mais e mais vezes, tenho a prática do nascer abençoado.

Sou uma vítima desta famigerada mendicância afetiva, não tenho mais por onde focar outro derradeiro fim.

O começo agora, o recomeço, não mais é uma palavra de ordem.

Estou tranquilo, muito mais do que poderia um dia supor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s