Introspecto

Foto por Engin Akyurt em Pexels.com

A sagacidade deu espaço para a morosidade, nada mais faz sentido, apenas aprisionado dentro dos meus “eus” introspectivos.

Agora e para sempre, o peso da minha conduta estarão celebrados dentro de um meio termo de aceitação, conforme as diretrizes aceitem o julgamento.

Caminho solitariamente rumo ao vazio.

O vazio perturbador da minha mente introspectiva.

Solto mil rojões para as diversas categorias de entendimento sobre minha pessoa.

Se já não crio espectativas, não espero nada de ninguém também.

Simplifico viver, mas vivo pautado pela minha introspecção isulória, pois de tudo na vida, ainda vislumbro uma socialização.

Que é impossível de acontecer.

Não quero mais possuir o conceito da verdade, sei apenas que devo pensar em mim, e somente isso.

A sociedade sacana me deixou em uma solitária, estou preso.

Nas minhas amarras.

Amargas, introspectivas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s