O duelo

Foto por Daisa TJ em Pexels.com

Das terras longuínquas, o guerreiro afia a sua espada.

Não terá outra chance que essa, lutar contra os seus verdadeiros demônios, vencendo, conseguirá exorcizar todos eles.

A luta contra si mesmo.

Ele era o seu maior temor, o seu maior demônio.

As guarras estão afiadas igualmente como a sua espada, a batalha será com e sem armas.

O duelo, a vibração de duas sombras preparadas para matar.

Ficará apenas o herói e sua espada.

Ele apenas, na luta contra ele.

Contra os seus demônios.

Para ressuscitar bem longe daqui, suave…sereno.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s