Diretrizes perversas

Foto por Joshua Miranda em Pexels.com

A liturgia de uma pessoa passa de mão em mão, até que um determinante consiga rebater o retrocesso de uma vida.

Penetrando a madrugada sem hora para acabar, vou de encontro ao hipnótico deslumbre de uma Lua mais que cheia.

Para assim depois retroceder em todos os aspectos vis, pois preciso me purificar por dentro, trazer para mim cada vez mais insumos proteicos, aqueles que me farão levantar.

E levantarei de uma forma racional, não quero ser confundido com um retrocesso no meu pulsar, nas minhas diretrizes abstratas.

A abstração nunca me fará bem se não utilizar de fato ela no seu extremo sentimento.

Sentimento abstrato.

Sentimento belo e para lá de confuso.

Tenho em mim uma confusão de idéias, mas a lógica simétrica que me pego, é justamente aquela que me mantém ocupado para o raciocínio sepulcral.

Quero demais que as minhas singelas diretrizes estejam simetricamente e unilateralmente emparelhadas para que eu possa absorvê-la.

Ficando assim, posso ter uma boa noite de sono.

Ou um bom dia de sono…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s