A luz do destino

Foto por Louis em Pexels.com

Caminhando pelo destino onde se guarda as máculas de uma mancha bastante suja, quero retirar todas as impurezas que ficaram de nódua.

Não quero apenas o meu amplo e inesperado caminho de volta, quero a soberba que me fez diferenciado neste mundo de abutres.

Eu firmo o meu testemunho para agora, oro por dias melhores, quero a sã sapiência dos fatos efêmeros.

Uma comunhão plena de distribuições adjacentes, quero de volta o relicário que guarda todos os meus rancores.

Para poder me sobressair neste universo de misérias.

Da hóstia eu comunguei faz muito tempo.

Agora apenas a minha vida de volta, a minha alma abençoada procura por um norte, quero poder abrigar a minha destreza.

Uma vida pautada na bonança, uma sombra que guardou o meu destino.

Vamos evaporar com todas as tristezas do testemunho, já me confessei e consegui absorver a minha alma.

Um dia de cada vez.

Por um instante, alguns minutos…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s