Destroços sociais

Foto por Savvas Stavrinos em Pexels.com

Tudo que se envolve dentro de uma negra atmosfera, é poluição verborrágica, é retidão estigmatizante.

Agora aqui, dentro de parâmetros alheios a verdade, estigmatizo um viés de possibilidades dilacerantes.

Vou ao encontro daquele que me fez um rogado da esperança.

Agora quero a minha metade, quero demais a minha fortuita razão de amnésia plena, aquela que esquecemos com a conduta perturbada.

Vamos celebrar a discórdia?

Quero discordar de todos os fatos aqui colocados, quero ter a esperança de um dia mais controlado, e me fazer um fácil alicerce de tejeitos.

E eles me conduzirão a máximo atrito com o mundo usual.

Aqui apenas vou dizer que a minha verdade é algorítmica, só chega para quem me vê com boas vibrações.

Uma pausa para a reflexão…

Quero elevar até a última consequência o meu estímulo de vida.

Vou cercear a minha liberdade, vou apenas aceitar os fatos em relação a minha pessoa.

E aqui aceito a verdade plena de destroços sociais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s