O tamanho do dissabor

Foto por John Finkelstein em Pexels.com

Como enlucidar os momentos ímpares na minha vida, se esles estão bem escondidos pelo acaso.

Luto contra demônios poderosos, tenho a clarevidência de ser um ser absoluto diante de tantos massacres sociais.

Venho através dessa, envolver meu coração do mais puro néctar existente dentro do meu combalido corpo.

Corpo que está ancioso por obter a chave da clarevidência.

Sou objeto de retórica.

Vivo com meus alicerces abruptamente arrebentados, tamanho impacto dentro de mim, pelos ditos seres normóides.

Uma vez medicado, sou o semblante da morosidade, mas não sendo assim, sou fúria!!!

Portanto em mim, existe os lados opostos mesmo, e deles não me desgarro.

Para sempre, na minha profética vida, um ser antagônico em todos os sentidos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s