Válvula de escape

Foto por Sam Kolder em Pexels.com

Estaria correto dizer que estou me sentindo um pouco diferente, em relação aos acontecimentos existentes.

Nunca antes poderia afirmar que a morosidade permeia a minha mente.

Órfão de uma paz, vivo em constantes conflitos, é muito difícil permanecer neste indiferente equilíbrio.

O equilíbrio é o que busco, mas nem sempre é possível, dentro de uma embarcação sem leme, caminho de forma obscura ao fundo do oceano.

Espero por lá encontrar coisas e situações diferentes.

Espero obter a permissão de retornar ao tão esperado oxigênio, irei assim submergir nesta maré cheia.

Para conpletar o meu destino, as minhas angústias não conseguem passar por um momento de morosidade.

Ando angustiado.

Ando um pouco temeroso.

Medo das coisas que ainda não aconteceram, mas que podem acontecer, ou tudo é mesmo coisa de uma cabeça perturbada?

Não sei dizer ao certo.

Estou lutando, todos os dias, contra os meus demônios.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s