A comunhão com o eterno

Foto por NEOSiAM 2020 em Pexels.com

Vamos com alegria sabotar o correto e cheio de regras.

Quero paquerar com o disforme, o contra a regra, o diferente e errado, não quero o milimetricamente correto…

Porque não dá.

Simplesmente não dá.

Um dia, caminhando pelos vales verdejantes, observei uma ruptura na fissura do oxigênio, e lá pude constatar o grande erro.

Porque erramos por termos um ar rarefeito, e erramos por que não existe lógica perfeccionista num mundo materialista.

E por mais rarefeito que seja o meu respirar, mais eu procuro a perfeição inacabada, aquela que não está completamente 100%.

Não sou perfeito…

O meu perfeccionismo não tem gravidade…

Escrevo para poucos entenderem, mas faço com amor o meu trabalho.

Para sempre estarei na comunhão dos aspectos relevantes e condizentes com meus questionamentos que são múltiplos.

A fé, ela me acompanha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s