Tecnicamente à nocaute

Foto por Pavel Danilyuk em Pexels.com

Ultimamente ando um pouco constirpado com o mundo.

E isso me causa náuseas, cansaso, estou prestes a ter um colapso.

Ando na maré mansa, nem sei mais onde obter o conduto da minha memória, aquela que deixei para trás com a minha auto-piedade.

O mundo me cansa.

E cada dia mais, estou envolvido com tramas malditas que fazem mal a mim, estou prestes a cair na lona.

Um dia de cada vez.

Um instante de devaneio para aprazível companhia do pecado.

Obter o conduto da teórica e fatal honestidade, aquela que perturba a minha cabeça.

Tentarei ser mais solidário comigo mesmo de agora em diante, um pouco mais dentro do aconchego de meu pesar filosófico.

E se fui claro, volto e meia chego ao meu refúgio particular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s