Adicional cerebral

Foto por meo em Pexels.com

O cérebro está uma carne moída, os neurônios esfarelados, todas as diretrizes combalidas pela solidão.

Por quantas vezes mais estarei convenientemente descansado no meu lar, e as lembranças do tormento voltarem a me perturbar?

Eu quero paz.

Interior, acima de tudo.

E por quantas vezes mais vou retornar ao meu continuado mistério do submundo, onde o TOC vem de forma frenética, para poder pedir um indulto que me traga paz.

Caminho desnorteado.

Minhas lembranças são bad demais.

Por enquanto apenas estou miseravelmente dentro de um sarcófago cerebral, preso nas amarras da minha mente.

Vou sorrateiramente conseguindo fugir.

E agora, quero apenas encontrar o mal que me fez amar, na pluralidade do amor sem fronteiras.

Quero demais o perdão das nuvens, e sendo assim, encontar a minha misericórdia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s