Tantos conflitos, tanta harmonia

Foto por Nandhu Kumar em Pexels.com

Um sábio em cima de um verdejante campo elevado, vociferou a aleluia entre os povos, entre as pessoas.

Mas por mais que ele tentasse dizer que a plenitude é eterna, ele confirmava também que o contexto sobre os símbolos era o elemento básico para a compreensão.

Compreender o mundo.

A vida entre os povos.

A vida de cada indivíduo.

Vamos por partes, pois por mais elementar que ele pudesse ser, mais a cerimônia entre os povos iria cultuar.

O sábio sabia, acima de tudo, como cultivar o amor.

Para se ter amor, tem que se obter o perdão, e para se conseguir o perdão, um simples inventário moral.

E por toda a sua plenitude, pode conduzir com eloquência os seus triunfos, imortal que ele era.

Raiz de espectro abençoado, pairando nos verdejantes campos, uma intuição de efêmeras partes distorcidas e diluídas ao vento.

A paz chegou para ele.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s