Nuances verbais

Foto por Alex Azabache em Pexels.com

Pronto para o embate ideológico, agora, bem alimentado, espero pelo revés de uma maratona de vida.

Como poderia afirmar anteriormente, que o estímulo de se fazer presente em todos os momentos, me retirasse de cena por alguns instantes.

Não, não poderei afirmar que a oitava parte de um todo, poderia me levar ao delírio absoluto.

Porque se sou delirante, uma ínfima parte de mim tem que se desviar para o tal, daí esta parte fracionada em excelência.

Vamos percorrer um vasto caminho a procura de uma explicação para o pretérito, onde se esvaiu os iluminados caminhos.

Não quero ser a consoante do “sem vogal”, queria formular frases, palavras, ao vento, a todos os lampejos de harmonia entre as partes.

Voarei nessa imensidão pretérita, serei como uma fragância efêmera, conduzirei o meu verbo pelo mundo afora.

Para assim, percorrer a maratona da vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s