Diabos e desertos

Foto por Elina Krima em Pexels.com

Entre olhares inquisitores, vou desbravando os caminhos labirínticos, preciso encontrar de todas as maneiras a saída.

Vou ao regresso da fortuna.

Posso por muito tempo escapulir pela tangente de um ataque feroz a minha pessoa, e encontro sempre lugares paradisíacos nas minhas fugas.

Portanto tenho de achar a saída, de todas as formas…

Intimamente, sinto dentro de mim, o sétimo desejo, aquele que está preso na magia dos sonhos, e por gentileza, não me acorde.

Um pássaro passou por aqui.

E me trouxe leveza, eram dois beija flores.

Eles me trouxeram paz, e me mostraram o caminho da saída, o labirinto finalmente fora vencido.

Já liberto, quero penetrar no oásis dentro do inferno do lado de fora…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s