Vejo a loucura em todas as partes

Foto por Fiona Art em Pexels.com

Par se começar um raciocínio, tem que se ter um caldo filosófico.

Eu gosto de falar da loucura, da minha e da de outras pessoas que observo ao meu redor.

Gostaria de colocar aqui, a loucura perene de meus semelhantes, aqueles com quem convivo quase que diariamente, por redes sociais, por contados de WathsApp.

Costumo fazer video conferência com todos, às vezes uma ligação pessoal, e de todos aprendo um pouco.

Mas a loucura está em todas as partes, é bem certo.

Um ponto em comum comigo e com o resto dos que vejo, diariamente, constantemente.

Observo também um escape de resistência, e dele, tiro metas para mim mesmo, porque com os meus aprendo mais que com qualquer outra pessoa.

Vivo intensamente, cada momento, plenamente, como ditria a bela e sábia vã filosofia.

Os meus serão eternamente os que estão na minha esfera de raciocínio, os meus não são necessariamente os meus familiares.

Para tanto, deixo uma margem de acerto para todos eles, e vejo as suas conquistas como minhas também.

Porque faço parte de um todo, de um todo deles também.

E que meu raciocínio reflita a minha imagem e semelhança para o tal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s