O passo…

Foto por Pixabay em Pexels.com

Cada vez mais me deparo com o inconsequente instinto de sagacidade e ao mesmo tempo medo.

Ando com a consciência leve, é bem certo, mas me deparo também com dilemas existenciais que me corroem por dentro.

Uma vida pautada no acolhimento.

E vou acolher mais o meu objeto de discórdia.

Tento ver por certos ângulos as coisas, antagônicas ao pensamento trivial.

Agora estou apenas relaxando numa tarde de domingo, mas sempre estou no meu limite dentro do objetivo de contestar o meu cotidiano.

Vou leve e sereno…

Quero a brisa, muito mesmo.

Agora, ciente dos meus objetivos primordiais, volto ao meu casulo…eu só quero é descansar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s