Olhar perturbado

Inferno Interno Eterno – Martina Bicchierai

Sinto, dentro de mim, uma observação além do pretérito.

Além das minhas condições internas de observação, nítidas, perturbadas.

Para sempre vou reiteradas vezes me resguardar dentro de um casulo, onde me esconderei dos olhares inquisidores.

Não fui ao menos o mínimo denominador…

Quero provar do néctar da posteridade, um sublime e adocicado sabor turvo da sua essência.

Sou o ínfimo que causa dor, no meu semelhante, na minha retina.

Quero observar com calma as mazelas que estão ao meu redor.

Sou a investigação dos meus conceitos, embriagados como só eles podem ser.

Fico por aqui, na certeza de que serei para sempre o causador de meus infortúnios.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s