Um pequeno espaço para a paz

Foto por Steve Johnson em Pexels.com

Posso prometer a mim mesmo produzir uma imagem obsoleta sobre mim mesmo.

Vivo de constâncias e inconstâncias.

Mas estou à espreita na reta de chegada com o meu cavalo azarão, sempre ele, numa condição peculiar de competitividade.

Vou formar filas para o meu consenso de ideias plurais.

Filas de espera, pois conduzo o meu pensamento ao equidistante cenário de incertezas.

Quero provar do néctar que me faz embriagar.

Embriaguês de serenidade.

Ampla.

Fortuita.

E aguardo o final de tudo, para conseguir saborear a minha vitória.

Feliz comigo mesmo, sou apenas a imagem da fortuna.

Daquela que não é em papel moeda. Apenas a de caráter e sabedoria.

Pois a fortuna está na destreza da personalidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s