Odes de transformação

Foto por Clive Kim em Pexels.com

Seria irrisório definir o quanto sei dos meus atributos, das atribuições sequenciais, todas elas definidas no meu grau de observação.

Sinto uma pressão demasiada dentro do hemisfério dos meus sentidos.

Aguardo a penitência celestial, aquela que vem nas nuvens da discordância.

Sou o fiel da totalidade dos sérios atributos.

Não quero mais ter que suportar a dimensão de vários sentimentos.

Virtualmente serei apenas espectro.

A razão dos sentimentos desvairados, sentimentos em frangalhos, estaria apenas associados ao pujante algorítimo cibernético.

Apenas uma essência de tudo o que seria parasitado com a minha essência, tenho lutado diariamente e constantemente.

Voltarei, apenas um retorno espiritualizado.

Sou espectro de luz.

A luz…

Ela!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s