Da luz à saudade…

Calafrios…

Todas as vezes que penso na conclusão de um ciclo de vida, emancipo os meus dizeres ocultos, tendo em vista que serei sempre sabedor da verdade.

E já sinto muita saudade…

Não, não se vá.

Espero aqui, o seu retorno como luz, plena!!! Absoluta!!!

Retrocede-me o oposto daquilo que me fez mais, que me foi dado, estou à procura de mil verdades. Quero-as todas colocadas na mesa.

Agora sim. Sei e saberei fazer uma possível análise de tudo. A luz me trouxe sagacidade, a saudade: dor.

E dói muito.

Como dói…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s