Vibrando com a eternidade

Foto por Just Another Photography Dude em Pexels.com

Com a eternidade então, todos os meus encantos se esvaem para dar luz ao espectro noturno.

Agora, já encontro-me absorto pelo som sepulcral do Metallica, Live in Moscou, show antológico dos caras.

Quero demais dimensionar o quanto eu preciso de interação com as minhas eternas e intermináveis angústias.

Vou por um momento no embalo de ONE, nada mais para me apresentar nessa tranquilidade que me deixa entre os fugazes espectros do bem.

Estou luz…

Luz para todos os meus espectros.

Na penumbra do luar, vislumbro um objetivo para mim, a sagacidade me faz ímpar, de uma tranparência sem igual, sou o interminável guerreiro do apocalipse.

Jõão seja louvado, ele e as Sete Trombetas.

Vamos lá, é através dos livros sacros que nos posicionamos perante os mistérios da vida, constantemente incendiada pela retina dos meus olhos.

Agora é só esperar…

Sim, a brisa chegou, e com ela escapuli de mim mesmo, agora sim, estou livre!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s