Tererê no ouvido

Como poderia ser somente um reflexo das penúltimas sobras que assolam a minha vida.

Eternamente, e para toda a eternidade…

Sou só risos, tenho em mente obter o que necessitamos sempre: alívio.

Escutando rádio, aquele verdadeiro tererê no ouvido, vou na sua frequência concluir um raciocínio lógico.

O reflexo do espelho para sempre em mim estará.

Risos, consegui escapulir da prisão das amarras da mente.

Agora, em relativa e ágil frequência, comando os meus básicos instintos.

Estou convicto, pleno e absoluto!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s