Tempo cego

Vamos lá, a espera de acontecimentos, fazem de nós, reféns do tempo.

Ele passa rápido…ele demora…ele é cego.

Por mais que estejamos dentro de sincronias de acontecimentos fortuitos, o tempo demora para surgir novidades.

E as novidades são muito aguardadas, tenho dentro do meu catálogo de permissões, o tempo cego para cumprir as minhas metas.

O tempo está associado ao adrenalítico e ao desejável.

Quero que o tempo passe…

Horas são minutos, minutos são segundos ou vice versa, segundos são minutos e minutos, horas.

Quero mais que o tempo se foda, e leve daqui a mim e a minha agonia.

Agonia por esperar…

Tempo maldito!!! Acabe comigo de uma vez!!!

Quero apenas a liberdade, para esperar, para continuar o processo de espera, tão longa, tão agoniante.

Vamos lá, tudo é uma equação do maldito passar, e com ele já se passaram alguns minutos, algumas horas.

Estou por aqui, contemplando o maldito tempo cego!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s