Um sábado qualquer…

Considero os dias de sábado enigmáticos dentro da minha rotina de inclusão espiritual, logo depois de reter o meu conteúdo de sociabilidade.

Sou pacato…e todas as minhas relações são muito introspectivas.

Ando por aí aliviado de um sonho distante demais, tenho o calculo perfeito para as imersões culturais da sétima arte.

Ando à procura de um momento de paz interior, diferentemente das várias possibilidades de me manter dentro de uma sociedade de vários atributos sociais.

A minha introspecção vem de um certo autismo da minha parte.

Gosto demais de rever vários tópicos de meu crescimento interior. Até há alguns anos, vivia rodeado de tubarões.

O espectro do mal se dissipou. Hoje vivo intensamente a minha jornada interior, livre dos demônios que me cercaram durante toda a minha vida.

Como fui cego e inocente.

Hoje, um sábado qualquer, vivo sem a angústia de outrora. Vivo pleno dentro do meu íntimo familiar.

Só mais um pouco de brisa, pretendo lutar com as minhas armas por toda a extensão do meu viver.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s