Os descaminhos

Por quantas vezes mais diria que as coisas não são fáceis, e de fato não as são.

Todas as vezes que me vejo em um vídeo, noto que minha psicomotricidade está além de ser dentro de um padrão.

Mas o que são os padrões?

A padronização não é um fator dignamente estabilizador, é bem certo, mas por mais caminhos que se possa ter, nunca me vejo nos ditames da normalidade.

Porque todos me notam.

E eu noto que todos me notam.

Tenho sonhos, talvez não mais indistintamente necessários, o necessário no caso, é para mim mesmo.

Por hora espero apenas que eu possa descobrir todos os caminhos que me façam um cara incomum, talvez muito se fale de minha pessoa.

Mas estou aqui, vivendo e sofrendo nessas diferenças. Quero demais ter a noção de tudo, mesmo que me faça mal.

E assim o fazendo, estou mais leve nesse universo de sensíveis recordações.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s