Delírios

Quanto mais tento reformular a minha medicação da noite para ajustar a do dia, mais uma vez me vejo em delírio com a realidade.

Precisaria eu, de estar um passo à frente dos seus efeitos malévolos, mas importantes e reajustáveis.

Volta e meia estou no sacrifício de um andarilho que poderia estar simplesmente no ontem nebuloso.

Ontem à noite empaquei.

Me vi preso e atormentado para estar tranquilamente em uma lanchonete.

Vivi momentos de delírio.

Instalei a recíproca desconfiança em tudo e em todos.

Adormeci, acordei com a besta fera!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s