O recomeço para os fins

Foto por Pixabay em Pexels.com

Mais uma vez me pego em conflito de determinação com a pura realidade da execução de tarefas pertinentes ao profissionalismo que pe persegue.

Completamente envolvido em tarefas de produção cultural, deixo aqui o registro de que continuo tentando.

Falta pouco, é bem certo…muito pouco.

Mas o fato é que ainda falta.

E por aqui entro em conflito comigo dentro de um autocrítiica, pergunto mais e mais vezes: tenho medo, mas prossigo…vale à pena os riscos?

E para prosseguir com austeridade e idéias frescas, tenho em mim a relevância do objeto que o delírio coletivo eleva para a minha vitória.

Sinto muito, um sentimento dentro de uma realidade complicada.

O acordar de hoje foi o de sempre, eu lutando contra os meus demônios, mas isso dura umas duas horas, sempre!

Já ciente de que devo continuar, sigo em frente.

Escutando um pouco de Iron Maiden para acalmar os ânimos, refrescar o juízo e contemplo o mágico.

Sim, vamos produzir, sempre!

Continuar a produzir, sempre!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s