Resplandecer

Vivo em constantes tormentos neuropsiquiátricos.

Os trato com medicações. Os trato com terapia. Os trato todos os dias ao acordar.

Seria muito bom para mim o antídoto para tantos questionamentos. Hoje em dia, eu escuto mais do que falo.

Quero celebrar o meu resplandecer. Minha aurora pessoal, encoberta com a leveza de que se deve levar da vida.

Vamos lá.

Um dia de cada vez. Uma batalha de cada vez. Um antídoto de cada vez.

E essa constância me fará livre da carga que eu carrego por não conseguir uma padronização social.

Para os meus, saúde!!! Acima de tudo!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s