A rota e o caminho

O russos guardam o delírio mistico, aquele que me leva à reflexão. Todas as partes do meu cérebro estão em sintonia constante.

Por mais elementar que a ínfima parte do meu lado sensorial cerebral, eu recebo os trajetos consolidados, como a minha elaborada sagacidade que me faz sorrateiro nos meus olhos de rapina.

Preciso de um café quente.

Agora saboreando-o, acabo de decidir o título de um conto infantil para um concurso português: A chave do sonho.

E assim vou perfilando os caminhos rumo à interrogação…

Esse é o caminho?

Estou na rota certa?

Hoje é Páscoa, estamos todos com o sentimento D’ele na ressurreição .

E que a paz reine nos infindáveis momentos de loucura, para tanto todos a possuímos, com graus de complexidade.

A pausa para o café…

O gosto adocicado com adoçante, devido a minha diabetes, agora fica impregnado no meu paladar.

Sim, seguirei adiante.

Para todos, um desejo de fortuita e saborosa sorte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s