Clarear

Por todos os acontecimentos fortuitos na minha vida, posso enumerar a máxima realização de uma aproximação com o explendor.

Minha mente está calma hoje.

Posso dizer que pude contemplar o vazio ao acordar e permanecer vazio.

A mente sem tormento é alívio para dores.

E por mais que eu esteja aliviado, todas as vezes que encontrar alguém no meu caminho, mais perto do sol é onde tentarei chegar.

Como foi difícil para mim entender que eu poderia ser feliz com a preocupação de ter um alguém para partilhar minhas aventuras.

Hoje ela é preocupação e o amor.

A velha preocupação de um pai que leva um filho para uma festa, e só se dá por satisfeito e tranquilo, quando ele chega, são e salvo pelas possibilidades de perigos da vida.

Hoje eu tenho por quem esperar, fundamentalmente.

E esperei demais por isso. Dez anos trancados em um quarto. Esperando o inusitado acontecer.

E ele aconteceu, e cá estou. Mais dez anos para a conta.

Hoje eu espero, espero por abrir os olhos, por mais dias como este. Tão suave e cheio de brisa.

Por um instante a mais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s