Por demais uma nova aventura

Percorro um infindável caminho rumo a segurança de meus questionamentos.

Por onde percorrer os caminhos tortuosos?

Sei que estou livre de atributos relativos ao consoante desejo não consumado.

Voo até onde posso, migro de uma estação a outra, percorro os caminhos que se apresentam para mim.

Por hora penso em desistir.

Mas na verdade o que quero mesmo é perpetuar a minha consciência para o além mar.

Dividirei minha fortuna com o próximo.

Quero arruinar os meus enfadonhos sentimentos desencontrados na névoa que se formou na minha frente.

Por onde ando, sei demais da segurança do caminho.

Estou por hora seguro.

Por hora, pois o tempo vai passando, as ideias se tornam prejuízos em meu semblante arruinado.

Não seria eu o contraponto para tantos questionamentos?

Sigo, apenas isso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s