Por mais um segundo

De tanta paz eu necessito…

Uma ode a paz, que vem anunciada pelos símbolos divinos, que chegam pela democrática condição do amor.

E de repente uma falta de esperança, o mundo entre os meus pés, ardente como toda ludica possibilidade de ser feliz.

Por mais um segundo…

Olho e vejo tanta gente preocupada com suas fortunas, quando o que mais quero é o equilíbrio do meu corpo e principalmente da minha mente.

Uma pétala caiu nas minhas mãos…

Quero o sabor puro do açúcar.

Me embriagar pelas gotas vermelhas do sangue.

Quero perdurar, por todo o horizonte, preparado para assumir quem eu sou e o que eu represento para mim mesmo.

Uma ode a paz.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s