Os caminhos

Uma vez mais, apaixonante via dos mistérios, alcanço o marasmo de um tempo angustiante.

Por onde seguir essa jornada?

Para tanto, busco a realização de um desejo, vislumbro uma pena embriagante, não me furto de ouvir os que necessitam da oratória.

Venho aqui constar como presente no infortúnio caminho da vida, sem doenças, apenas as perturbações mentais de sempre.

Sou perpétuo no encaminhamento de vida.

Por mais um segundo, por mais momentos de dor.

Quero prosseguir.

Demarcar meu território.

Uma vez mais, ter a obediência que me faz sonhador.

Sonhos de desordem. Desordem obediente. Paragens embriagantes. Obediência severa.

E por aqui, deixo perfilado o meu caminho e a minha culpa por possuir um coração ameno.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s