O que nos aprisiona

Uma cidade pequena tem várias características que chamam a minha atenção.

As pessoas de Serra Talhada são pessoas generosas, educadas, mas sinto sempre um cheiro de traição interpretativa em alguns.

Desconfio da generosidade excessiva. Sinto pois sou sensível, mediúnico, e não vejo com bons olhos algumas situações que não vale a pena citar.

Caminho certo de que estou aprisionado em pensamentos malévolos.

Não que eu não esteja liberto de algumas amarras, mas hoje em dia nunca sei distinguir o que é TOC de realidade.

Como não tenho um contrato de aluguel, sinto que posso ser despejado a qualquer momento. Mas ora, eu pago em dia meu aluguel, isso é inadmissível de se pensar?

Porém sinto esse perigo como uma presença divina, o que é afinal TOC ou realidade?

De fato pensamentos nesse sentido inundam o meu cotidiano, espero uma luz para definir o que é ou não real.

Sigo em frente, sem medo de errar.

Tenho sempre que traçar uma linha entre o real do imaginário.

Sigo aprisionado por meus questionamentos.

Faço terapia por aqui.

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s