Cúbico Quântico

Quantas vezes mais?

Como seria um destino colocado em pratos limpos, com todas as divisões pertinentes à um inventário maldito?

Seria eu vítima de um desacreditado momento ímpar de uma divisão fracionada por seis, mas o bendito pressuposto de uma equação lógica?

Sim, serei despejado, e junto com o despejo, meus sonhos inacabados se transformando em matéria prima de uma situação adversa.

Adversamente eu estou nesse maldito inventário.

Por vezes me pego equacionado valores que me deixam com medo de dizer: são coisas se adulto!!!

Como eu não queria estar vivo para ver tamanha inquietude emocional…

Vamos lá, viver é preciso.

Ter a consciência da vida é necessário.

E assim, vou ao encontro dos meus adoráveis parentes, irmãos e legatário, rumo à partilha maldita!!!

Vivendo e não aprendendo, eis o homem assim sou eu, que se diz seguro, que se diz maduro. Seu amor hoje, alimentará o amanhã, eis o homem? Que se acaba chorando!

O parágrafo acima é de uma música do Ira!, escutava sempre na adolescência. Não entendia, hoje entendo perfeitamente.

Sim, sou eu este homem!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s