Corre de favela

Um espinho a mais no meu calejado calcanhar. Uma máxima deterioração de afetos.

Tendo em vista as protuberâncias dos destinos cruzados, vemos a quinta essência de um destino amaldiçoado.

Vamos lá, destinos cruzados são eternamente ânsias de performances perfeitas.

Não irei puxar o gatilho.

Apenas pedirei um corre de favela. Daqueles que trazem a mim a semente mágica.

O espectro vegetal germinou.

A árvore da vida!!! As plantas mágicas!!!

Sou e serei vítima do desespero em vão.

Tenho mais atribuições a fazer. Tudo de uma forma geral. Átomos e destroços pelo mar adentro.

Híbridos e perfumados.

Sou o quinto elemento desse parâmetro.

Sei demais os encantos que me puxam para baixo. O quinto elemento do louvor!!!

Eternamente!!!

Eternidade!!!

Divindade!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s