Já se foi o tempo…

Tendo em vista as constantes ciclotimias existentes no ínfimo pedaço de realeza dentro de mim, recorro a peble para curar minhas cicatrizes.

Medicamentos em mãos, fases depressivas superadas.

Tenho o mais perfeito significado da mágica parte do meu íntimo, do caráter propriamente dito.

Vou superando minhas adversidades, todas que aparecerem para mim.

Tenho a retórica dos sentidos, posso transgredir o performático desfile de destemperanças.

Agora, mais aliviado, tenho a razão da minha discórdia associada ao meu perdão.

Já perdoei a mim mesmo, falta o perdão do próximo.

E assim, espero as máculas sumirem de perto de mim.

Vou sobrevivendo com doses homeopáticas de Pregabalina…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s