Vivências

Por mais um tempo para reverberar o instinto matriarcal. Um momento a mais para dispor de pictóricos ensejos.

A fumaça me faz mal.

Tendo em vista os milhares de cigarros que já fumei em minha vida, construo o elemento de fazer um renascer completo.

Quero saúde para mim.

Tenho o tempo necessário para esbravejar por um tempo que discorre do momento advento.

A plenitude me destrói.

Sinto o morgado espólio de um adjacente caminho sombrio.

Navego como rasas percas de leveza anunciada. Quero o revés de um instante, ainda que plácido, momento de furar a cerca da vitória.

Estou preso.

Estou sufocado.

Ainda assim, elevo o meu espírito, corro convicto, migro adjacente.

E assim, retorno ao lugar do início de tudo, onde eu fabrico ambas as partes de mim mesmo.

Estou acompanhado…mas estou só!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s