Abandono

De fato fui abandonado à sorte grande. Essa selva me engoliu, fui arremessado para fora do nincho familiar.

Tenho transtornos neuropsiquiatricos. Tive uma vida muito sofrida.

O bullying foi acompanhamento básico para toda a infância, adolescência, fase adulta.

O preconceito velado.

Bem, esse já sei demais um pouquinho. E à própria sorte, vejo todos da minha família num patamar bem superior ao meu.

As lembranças de uma fase construtiva são arremessados para fora. Estou magoado com a vida.

Essa vida me roubou sonhos. Essa vida deturpou o meu destino.

Assim sendo, nem ao mesmo prazer para as pequenas confraternizações tenho.

E assim sendo, vou passo a passo elevando a minha condição de excluído de um nincho social. Aquele que eu fui criado.

Aquele que me arremessou para fora da cabana, por eu trazer muito remorso.

E será que sentem remorso por mim? Difícil, uma resposta muito dificil.

Mas sentirão, um dia sentirão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s